Finasterida Efeitos Colaterais

Finasterida é um medicamento anti-andrógeno muito utilizado para tratar a calvície de padrão masculina, ele é inibidor da enzima 5-alfa-redutase que converte a testosterona em dihidrotestosterona (DHT). É usado em baixas doses para o tratamento da calvície e em altas doses no tratamento da hiperplasia prostática benigna e câncer de próstata.

Finasterida Efeitos Colaterais

 

A Finasterida Funciona?

Esse medicamento é eficaz apenas durante o tempo em que é utilizado, ou seja, se o tratamento for interrompido os cabelos voltam a cair. Portanto, para quem quer reverter a calvície usando esse medicamento precisa fazer uso dele enquanto desejar ter cabelos. No entanto, o uso desse medicamentos pode causar efeitos muito críticos para quem usa.

Existem Efeitos Colaterais da Finasterida?

A Finasterida tem efeitos colaterais como qualquer ouro medicamento. Os efeitos colaterais da finasterida podem ocorrer no início do tratamento ou a longo prazo, e em alguns casos podem acontecer também com a interrupção do tratamento.

Finasterida Efeitos Colaterais:

Abaixo estão listados os efeitos colaterais mais comuns:

  • síndrome do carpo
  • diminuição na quantidade de esperma
  • ginecomastia (aumento das mamas no homem)
  • dor nos testículos
  • queda de fertilidade

Finasterida Efeitos Colaterais a Longo Prazo:

Podem ocorrer problemas no fígado de quem faz o uso prolongado do medicamento, mas esse efeito já é mais raro. No entanto, os médicos pedem que a cada seis meses os pacientes façam exame no fígado para avaliar o estado.

A Finasterida Causa Impotência?

finasterida causa impotenciaPesquisas apontam que o medicamento pode levar a problemas permanentes de ordem sexual, como dificuldade de ereção e perda de líbido. Mas alguns relatam que conseguiram reverter esses efeitos alguns meses depois de interromper o tratamento.

A finasterida atua no couro cabeludo bloqueando a ação da enzima 5-alfa-redutase, responsável por transformar a testosterona em dihidrotestosterona – hormônio relacionado ao afinamento dos fios. Alguns estudos apontam que a droga pode causar redução de libido, problemas durante a ereção e na consistência do esperma. Esses efeitos adversos, entretanto, podem desaparecer com a interrupção do tratamento, mas os cabelos cairão novamente. Outras pesquisas sugerem a possibilidade de que a disfunção seja permanente, segundo um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine em Novembro de 2012. Na bula do medicamento informa que os riscos de perda de libido acontecem em até 1,8% dos homens, mas os resultados dessa pesquisa no entanto, aponta para 20% dos homens.

Há ainda estudos que apontam para problemas de ordem psicológica, como a depressão, além de problemas cardiovasculares. Portanto Nunca utilize qualquer medicação por conta própria. Consulte sempre o seu médico.

Aqui no site, recomendamos um tratamento natural para reverter a calvície e queda de cabelos de forma totalmente natural e sem risco de efeitos colaterais, clique aqui e confira.